Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

22 e agora?

Aos 22 anos apercebi-me que a minha vida (re)começa agora. É hora de novas aventuras.

05
Abr18

Mas onde é que eu tinha a cabeça?

Tita Vicente
Eu sei que já devem estar cansados de me ouvir falar da minha tese, mas eu vou partilhar isto com vocês na mesma. Eu sabia que fazer uma tese ia dar trabalho, ia requerer muito esforço e paciência e um empenho como tive para muito poucas coisas na vida. O que eu não sabia é que a minha motivação ia ser tão baixa. Tem sido muito difícil pegar neste trabalho. Tudo serve de desculpa: o dia esta bom para passear, o tempo está tão mau que só quero ver um filme, estou cansada do trabalho, etc. Por isso a minha questão é para quem já fez uma tese: como conseguiram? Onde iam buscar motivação? Como se disciplinavam?
Por estes lados precisa-se de ajuda urgentemente.

 

014ba937e5ec2fa8ae812604097fb661.jpg

Imagem retirada do Pinterst 

04
Abr18

Pessoas que merecem destaque

Tita Vicente
Tenho estado mais ativa no meu Instagram e isso tem feito com que conheça mais perfis. Como gasto mais tempo a pesquisar perfis que transbordam de fotografias incríveis percebi que existem pessoas com trabalhos excelentes e que se calhar não são ainda muito reconhecidas como tanto mereciam.
A primeira pessoa que vou falar é da Inês. A Inês é de Lisboa e tira fotografias incríveis. Desde os locais, aos ângulos à edição tudo é perfeito. A Inês é daquelas pessoas que nasce com uma visão do mundo especial e que lhe permite tirar fotos como ninguém. Conheci o trabalho dela muito recentemente, mas confesso que foi amor à primeira vista. 
Para além de uma página no Facebook onde publica os seus trabalhos, a Inês é dona de um feed de Instagram (@ineslamegoph) de fazer inveja a qualquer um.
Sigam-na de certeza que não se vão arrepender!
 

29511776_195586327716207_747107016292642207_n.jpg

 

Foto tirada por Inês Lamego

02
Abr18

Alguém morreu e nós ainda devíamos estar a falar disso

Tita Vicente
Sei que já venho "atrasada" neste assunto, mas sinceramente acho que deveria ser um tema que não deveria ter sido abandonada de imediato pela comunicação social. Vamos falar da morte da ativista e feminista Marielle Franco.
Em pleno século XXI uma mulher foi morta pelo trabalho que exerce, pelas ideias que defende por lutar por um mundo melhor e mais justo.
Isto é triste, muito triste. E apesar de a sua morte ter feito capa de jornais um pouco por todo o mundo rapidamente se passou ao próximo assunto. A urgência de seguir em frente porque o mundo não para assusta-me. Espero que o facto de a Marielle ter sido morta dê ainda mais coragem às pessoas para lutarem por os ideais que ela defendia.
 

a32322ed3b6852aff752c4cc3788efd5.jpg

Imagem retirada do Pinterest

Pág. 6/6

Sobre mim

40447448_154980398772749_5986500459618002822_n.png

Follow: Sapo | Bloglovin

 

#InstaAddicted, apaixonada por moda, Nova Iorque e chocolate. Sou licenciada em Jornalismo e apesar de ser da grande cidade do Porto vivo atualmente em Lisboa.

Rubricas

+ Display night

+ New places

+ Internship

+ #52 semanas

Redes sociais

  

 

Instagram

Desafio de leitura

2018 Reading Challenge

Tita has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Visualizações