Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

22 e agora?

Aos 22 anos apercebi-me que a minha vida (re)começa agora. É hora de novas aventuras.

O meu segundo emprego da vida

Estágios contam como emprego? Vá vamos fingir que não visto que só recebi experiência profissional - que na verdade é das coisas mais importantes - o que quer dizer que este é o meu segundo emprego. Depois do primeiro dia de trabalho tenho a dizer duas coisas: gostei, mas estou com uma dor de costas horrível. Já quando trabalhei durante o verão me aconteceu o mesmo, por passar tantas horas seguidas de pé acabava sempre por chegar ao final do dia com uma dor de costas do tamanho do mundo! A minha questão é: alguém tem uma solução milagrosa para estas dores de costas? 

Sobre o trabalho em si estou a gostar apesar de ser imensa, e sublinho, imensa informação para assimilar em pouco tempo. É uma loja só para homens o que faz com que tenha de decorar tipos de tecidos, estilos, etc.. e saber distinguir tudo à primeira. Mas vai tudo correr bem. 

 

a7f5df5b41f09dcdc52e359535ac115c.jpg

Imagem retirada do Pinterest

Sobre confiar.

No post anterior expliquei o meu afastamento do blogue e um, pequeno, resumo do que se tem passado na minha vida. Hoje escrevo para dizer que arranjei trabalho. Não é na minha área (como eu tanto gostaria), mas vai dar para juntar dinheiro e manter-me em Lisboa onde está o monopólio das oportunidades. 

Confesso que me sinto "sortuda" por ao fim de uma semana de procura poder dizer que já não sou desempregada. Agora é continuar a procurar na minha área enquanto acabo a minha maravilhosa - só que não - tese.